• Serena

O Futuro do Marketing: Como será um profissional da área daqui a 5 anos?


Um bom profissional de marketing está sempre a planear os próximos anos da sua carreira. Mas um cenário de constantes mudanças poderão começar a fomentar algumas dúvidas.


A tecnologia, tem o seu papel fundamental e é uma das variáveis que influencia nestas incertezas.


Neste post iremos falar sobre as inovações que têm vindo a causar mudanças no marketing.


PRINCIPAIS TECNOLOGIAS JÁ USADAS


Algumas delas já se consegue encontrar no mercado, outras ainda estão em fase de teste nas grandes empresas de tecnologia.

  • BIG DATA - A quantidade de informação gerada actualmente é maior e mais gerada em toda a história da humanidade. Inúmeros dados são gerados por nós todos os dias, seja por reacções nas redes sociais, comportamento e-commerce , documentos criados, trabalho, etc., é gerado e salvo em algum banco de dados. A BIG DATA é o novo petróleo.

  • AUTOMAÇÃO - Já se imaginou enviar emails para todos os seus leads um por um? Seria quase impossível. A automação é a tecnologia responsável pelo envio de emails automáticos e o uso da Big Data para armazenamento dos contactos é imprescindível.

  • PERSONALIZAÇÃO - Quem não gosta de campanhas personalizadas? Receber algo que não nos interessa ou enviar um produto a um cliente que não seja relevante para o mesmo é perder tempo e pode gerar um desgaste no relacionamento da marca com o seu público. Acabar com isso é o objectivo da personalização.

  • CHATBOTS - Os chatbots são atendimentos optimizados. Quem responde e interage com os clientes são robots previamente preparados para isso. Provavelmente já brincou com o Siri ou Google Talk. O que achou dessa experiência? O Facebook já integra essa ferramenta de criar respostas automáticas aos seus followers.

  • MACHINE LEARNING - Este é o cérebro do que abordamos até agora. A criação de algoritmos que permitam o aprendizado da máquina é fundamental para a automação dos processos. As máquinas ainda não possuem uma inteligência humana, mas a velocidade do raciocínio é muito maior. Quando ensinamos um computador a pensar, temos como resultado agilidade e volume de resposta. Machine Learning vai possibilitar conclusões cada vez mais efetivas sobre o comportamento dos clientes.

Quando falamos de futuro, estamos a falar apenas de previsões. Apesar de tanta tecnologia, ainda não inventaram uma bola de cristal.


Mas podemos esperar no marketing, algo mais próximo das ciências exactas, portanto com a exigência de uma qualidade que os profissionais de hoje já possuem: A criatividade!


Com decisões a serem tomadas cada vez mais baseadas em dados, será necessária muita imaginação para realizar campanhas e estratégias que se destaquem.


E é aí que entra a parte interessante. A optimização de serviços e tarefas vai deixar o profissional livre para desenvolver as características mais humanas.



7 visualizações