Será que a tecnologia faz de nós anti-sociais?

13 Jul 2017

Conseguimos antever um cenário:

 

- Um grupo de amigos sai para um jantar e todos eles estão agarrados aos seus smartphones, a comentarem fotos, interagirem com grupos de WhatsApp ou simplesmente a lerem um post.  

 

Ou seja, todos eles estão agarrados aos seus dispositivos móveis. 

 

Depois vemos um grupo de pessoas mais velhas a comentarem sobre o tipo de postura dos jovens nos dias de hoje, com um ar reprovador e a "cochichar" "Esta juventude está perdida, são anti-sociais". 

 

Realmente as pessoas gostam de criticar a sociedade actual. Não necessariamente a sociedade actual em relação a nós, mas a sociedade contemporânea do tempo em que vivem. É sem dúvida bonito romantizar o passado, mesmo que isso nos faça sentir mal sobre o presente. 

 

"Óbvio que os tempos passados sempre foram melhores que os tempos de hoje". E na era em que vivemos - a Era da Informação e Tecnologia  - em que um smartphone torna-se tão omnipresente, é natural que algumas pessoas os culpem dos problemas da sociedade. 

 

SIM! É perfeitamente compreensível se pararmos e reflectirmos sobre o uso que damos a tecnologia e criticarmos os maus comportamentos associados. Mas acreditamos que acusar a tecnologia ( mais especificamente os smartphones), de arruinarem a interacção social  a todos os níveis é uma opinião errónea. Algumas pessoas acham isso um pouco pretensioso, mas abstemo-nos desse tipo de debates. 

 

Acreditamos que em algum momento da sua vida, teve de usar a internet, quer seja para se comunicar com alguém que está longe, como para fazer alguma pesquisa sobre pontos mais próximos de hospitais ou restaurantes; ou ler um artigo que já foi publicado no jornal que não comprou ou até mesmo saber o câmbio do dia. 

 

A world wide web é preenchida com tanta informação, relacionada a todo o tipo de interesse e para ela estar lá inserida, é porque alguém preocupou-se em colocar a informação disponível. Ainda assim continua a mesma premissa "os Smartphones arruinaram a interacção social"

 

A nossa principal premissa é que os smartphones não são um elemento negativo na interacção entre pessoas. Eles não estão a isolar as pessoas, nem a destruir a nossa vida social. São antes instrumentos de comunicação. 

 

Instrumentos que permitem a interacção de uma forma que, simplesmente não era possível antigamente, conectando-nos com pessoas de todo o mundo, pelas redes sociais, mensagens instantâneas ou outros serviços. 

 

Muitos dirão que se queremos interagir com as pessoas, então que interajamos com quem está à nossa volta. Não deixa de ser verdade em certas ocasiões. Porém, não somos obrigados a interagir forçosamente com quem está fisicamente mais próximo de nós, ao invés e interagirmos/comunicarmos com quem nos interessa. 

 

É muito mau conversarmos com quem temos mais afinidades ou queiramos partilhar/beber de algum conhecimento, estando do outro lado do planeta? 

Achamos que ninguém tem o direito de julgar outrem por usar um smartphone para comunicar seja o que for. É óbvio que há assuntos que deverão ser debatidos "face to face". 

 

As media sociais e os smartphones contribuem para tornar as nossas experiências sociais mais ricas, conectando-nos com pessoas em novas maneiras. 

 

Outro tópico interessante são as pessoas a usarem os smartphones nos metros, autocarros, taxis ou outros espaços públicos partilhados. Para isso, temos uma fotografia acima, a foto de cabeçalho, tirada nos anos 50, de pessoas num comboio a lerem jornais. E depois surge a pergunta: O que as pessoas deveriam fazer quando estão nesses espaços? Será que iriam falar umas com as outras? 

 

Não nos enganemos. As pessoas em geral não gostam de interagir com estranhos nesses contextos. 

 

Concluindo: Achamos que devemos parar de culpar a tecnologia para os problemas de interacção social. 
A tecnologia veio para enriquecer as nossas vidas, conectando-nos com pessoas interessantes e de quem nós gostando, quebrando as fronteiras de distâncias geográficas. Pare de romantizar o passado, acreditando que a vida seria bem melhor sem os avanços tecnológicos. 

 

A tecnologia do consumidor é boa, Isso permite que nos conectemos de maneiras surpreendentes como seres humanos, pois não está a substituir a comunicação presencial, mas sim a aumentar e dar corpo a sua comunicação. 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Siga
  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle